Versão portuguesa Versão inglesa

Palácio Foz

 

 

O Palácio Foz, ou Palácio Castelo Melhor, foi concebido como projeto no século XVIII, tendo-se arrastado a sua construção até meados do século seguinte. Embora a fachada e a estrutura geral possam ser consideradas características da arquitetura setecentista já liberta da influência barroca para se subordinar ao “gosto novo” italiano, o interior, refundido posteriormente, tem decoração de carácter “revivalista”, muito em voga na segunda metade do século XIX.

fachada

O local onde se ergue o edifício apresenta hoje fisionomia bem diversa da que ostentava pouco antes da respetiva fundação. Existia ali, então, um extenso terreno cultivado, as hortas “do Valverde” e “da Cera”, sobre as quais foi construído e plantado, depois de 1755, o “Passeio Público do Rossio”, jardim gradeado concebido pelo arquiteto Reinaldo Manuel, que ia do largo do mesmo nome até à Praça da Alegria, entre as ruas chamadas “Oriental” e “Ocidental”, e que teve a sua inauguração em 1764. Era primitivamente cercado de muros revestidos de hera e louro, com quinze janelas de grade de cada lado, sendo mais tarde gradeado em toda a volta e beneficiado com a construção de três lagos. Este jardim constituiu, durante muitos anos, o centro de reunião da sociedade lisboeta, e foi, ao que parece, com grande desgosto, que se assistiu à sua demolição em 1879, para a abertura da Avenida da Liberdade, tendo chegado a manifestar-se, a esse respeito, um forte movimento de protesto.

Programação Cultural

Setembro 2019

Julho 2019

Junho 2019

Legislação

 Poderá consultar a nossa página de Facebook (link) para mais informações.

 

Telefone: (+351) 21 322 12 00

 

Email: reservaspalaciofoz@sg.pcm.gov.pt