Versão portuguesa Versão inglesa

Conferência Inteligência Artificial

 

Intartificial

 

Conferência de Alto Nível

“Inteligência Artificial e o Futuro do Jornalismo – A IA tomará posse do 4.º poder?”

 

Por ocasião da Presidência Portuguesa do Conselho da União Europeia teve lugar, nos dias 11 e 12 de maio, a Conferência de Alto Nível “Inteligência Artificial e o Futuro do Jornalismo – A IA tomará posse do 4.º poder?”. 

Esta Conferência teve como objetivo obter um melhor entendimento e uma sensibilização alargada sobre a adoção e o impacto da IA na produção, distribuição e consumo de notícias e promover uma reflexão sobre o jornalismo do futuro na era digital.

Reuniu mais de 30 especialistas internacionais de reconhecido mérito na área, incluindo académicos, representantes do setor dos media e tenológico e atores políticos, nomeadamente a Ministra da Cultura, o Secretário de Estado do Cinema, Audiovisual e Media, a Secretária de Estado dos Assuntos Europeus, a Vice-Presidente para os Valores e a Transparência da Comissão Europeia, bem como representantes de organizações internacionais do Conselho da Europa, UNESCO e OSCE.

 

Contexto e objetivo

A existência de imprensa livre, independente dos diversos poderes, designadamente político e económico, plural, economicamente sustentável, bem como pautada por critérios éticos, de rigor, isenção e verdade é condição sine qua non à democracia, ao respeito pelos direitos humanos, à boa governação e a sociedades abertas.

Num contexto histórico em que o fenómeno da desinformação adquiriu especial proeminência, tornou-se ainda mais evidente a importância do papel de tal imprensa. Todavia, os desenvolvimentos de mercado e tecnológicos das últimas décadas e a crise pandémica COVID-19 colocaram-na perante um risco de sobrevivência.

A evolução aceleradíssima da designada inteligência artificial, que já permite a produção automatizada de certas peças informativas, agudiza de forma significativa tal circunstância. Ao mesmo tempo, o aumento da velocidade e da capacidade de conetividade, com a esperada 5G, e a multiplicação das plataformas contribuem para a transformação do setor das notícias.

O objetivo desta Conferência de Alto Nível foi de sensibilizar para a adoção e o impacto da IA na produção, distribuição e consumo de noticias, e promover uma reflexão sobre o jornalismo do futuro na era digital, procurando identificar as oportunidades e os riscos a médio e longo prazo, e procurando antecipar os desafios para as políticas públicas, ao nível da UE e dos Estados-Membros, de forma a garantir, simultaneamente, o pleno aproveitamento do potencial daquela tecnologia, a manutenção de uma imprensa que serve o interesse público e o empoderamento dos cidadãos.

  

Objetivos específicos

 A Conferência procurou obter um melhor entendimento sobre:

1. A adoção e a utilização das tecnologias baseadas em IA no ecossistema mediático, as novas tendências e as novas tecnologias a médio e a longo prazo.

2. O impacto da adoção das tecnologias baseadas em IA no jornalismo, a nível estrutural, a nível de ética e deontológica, na relação dos jornalistas com os utilizadores/cidadãos, as competências e modelos de negócio, bem como o impacto nos direitos fundamentais e na democracia.

3. Oportunidades e riscos na utilização de tecnologias baseadas em IA.

4. Princípios e normas que permitem assegurar os direitos fundamentais, a liberdade de expressão e o pluralismo dos media.

5. Desafios a nível de políticas públicas para o futuro de jornalismo/jornalismo de futuro.

6. Áreas que necessitam de investigação aprofundada.

 

Programa

 

Principais Conclusões

 

Wrap-up, Prof. Gustavo Cardoso, Diretor, OberCom

 

Conference vídeos https://www.youtube.com/channel/UCE3IOIdWCspDp0t_0VhroTQ )